UMA INVESTIGAÇÃO DAS PONTES METÁLICAS FERROVIÁRIAS NO CEARÁ E A CONSTRUÇÃO DE UMA POSSÍVEL PAISAGEM ETNOGRÁFICA

Autores

  • Rafael Rodrigues de Moraes Centro Universitário Inta – UNINTA
  • Denise Borges Alonge Centro Universitário Inta – UNINTA
  • Alexandra Risello Centro Universitário Inta – UNINTA
  • Rhayssa de Mesquita Galeno Centro Universitário Inta – UNINTA
  • Ana Irda Veras da Silva Oliveira Centro Universitário Inta – UNINTA

Palavras-chave:

patrimônio industrial ferroviário, pontes metálicas ferroviárias, ; Estrada de Ferro de Sobral (EFS), Estrada de Ferro de Baturité (EFB), paisagem etnográfica.

Resumo

Esta investigação sobre as pontes metálicas ferroviárias de Granja (1881), Quixeramobim (1884), Caio Prado (1889), Senador Pompeu (1900) e Iguatu (1910) objetiva qualificá-las como parte do conjunto do patrimônio industrial ferroviário cearense. Essas estruturas, com tecnologia inovadora, fazem parte de um ideário vanguardista do final do século XIX e início do século XX que auxiliaram a transformar o território por onde a Estrada de Ferro de Sobral (EFS) e a Estrada de Ferro de Baturité (EFB) alcançou. As relações simbólicas destes objetos, atrelados às ações socioeconômicas que auxiliaram a desenvolver, constituem uma rica e quase inexplorada paisagem histórico-cultural, que poderá auxiliar na percepção de uma possível paisagem etnográfica cearense. Esta investigação, além de elencar essa hipótese, apresenta uma revisão iconográfica destes locais, indicando um sólido repertório organizado para pesquisas futuras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BENDER, Barbara. Time and landscape. Current Anthropology Vol 43, August-October 2002: 103-112).

CAMELO FILHO, José Vieira. A implantação e a consolidação das estradas de ferro no nordeste brasileiro. Tese de doutorado. Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, Campinas, 2000.

CAPELO FILHO, José; SARIMIENTO, Lídia. Arquitetura Ferroviária no Ceará: registro gráfico e iconográfico. Fortaleza: Edições UFC, 2010.

CARLOS, Ana Fani Alessandri. O Espaço Urbano: Novos escritos sobre a cidade. São Paulo: FFLCH, 2007, 123p.

CASTRO, José Liberal de. Pequena informação relativa à arquitetura antiga do Ceará. Fortaleza: Editora Henriqueta Galeno, 1973.

______________. Aspectos da arquitetura no nordeste do país: Ceará. In: História Geral da Arte no Brasil. São Paulo: Instituto Walther Moreira Salles, 1983.

______________. Arquitetura de Ferro no Ceará. Revista do Instituto do Ceará. Fortaleza: Ano CVI, p. 72, 1992.

DIAS, Dayane Julia Carvalho. Secas e epidemias: o contexto da mortalidade em Natal e Fortaleza (1870-1878). In: IX Seminário Nacional do Centro de Memória-Unicamp & I Colóquio Gestão do Patrimônio Cultural. Secas e epidemias: o contexto da mortalidade em Natal e Fortaleza (1870-1880), 2019. (Seminário). Acessado em 19 SET 2020 em https://www.ixseminarionacionalcmu.com.br/resources/anais/8/1565381368_ARQUIVO_TrabalhocompletoCMU-Dayane-Anais.pdf

EVANS, Michael. J; ROBERTS, Alexa; NELSON, Peggy. Ethnographic Landscapes. In: CulturalResource Management vol.24 n.5. U.S. Department of the Interior National Park Service,:Washington: 2001. p.53-56

Frank, B. J. R., & Yamaki, H. T. (2014). DEFININDO O CARÁTER DE PAISAGENS ETNOGRÁFICAS: A COLÔNIA FAZENDA TRÊS BARRAS NO PARANÁ. Revista Do Departamento De Geografia, 27, 196-210.
IBGE. Enciclopédia dos municípios brasileiros. V.16 Municípios do Estado do Ceará, 1959.

IPHAN. Inventário de pontes metálicas do Ceará. In.: Ponte Ferroviária de Granja: estudo para tombamento federal. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN. Superintendência do Ceará, 2010.

LEFEBVRE, H. La production de l’espace. Paris: Anthropos, 1974.

Moraes, R. R., & Pereira Araujo Filho, P. C. (2020). PONTE METÁLICA DE GRANJA: Resquicio do patrimônio industrial ferroviário do Estado do Ceará. Revista Homem, Espaço E Tempo, 14(2), 170-185.

PANAREDA, João Maria Clopés. Estudio del paisage Integrado. (Ejemplo del Montseny). Barcelona: Revista de Geografia, v. VII, p.157-165, 1973.

PARK, Robert Ezra. 1973 [1925] “A cidade: sugestões para a investigação do comportamento humano no meio urbano”. In: VELHO, Otávio Guilherme (org.). O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar Editores.

TUAN, Yi-Fu. Espaço e Lugar. A perspectiva da Experiência. Tradução por Lívia de Oliveira. São Paulo: Difel, 1983

UNESCO - Paris, 1972U. (1). CONVENÇÃO DO PATRIMÓNIO MUNDIAL, A PROTECÇÃO DO PATRIMÓNIO MUNDIAL CULTURAL E NATURAL, UNESCO – PARIS, 1972. Cadernos De Sociomuseologia, 15(15). Obtido de https://revistas.ulusofona.pt/index.php/cadernosociomuseologia/article/view/336

VIEIRA JUNIOR, A. O. O açoite da seca: família e migração no Ceará (1780-1850). XIII ABEP, Minhas Gerais, 2002.

Downloads

Publicado

2022-12-27

Como Citar

Rodrigues de Moraes, R., Borges Alonge, D. ., Risello , A. ., Mesquita Galeno , R. de ., & Veras da Silva Oliveira , A. I. (2022). UMA INVESTIGAÇÃO DAS PONTES METÁLICAS FERROVIÁRIAS NO CEARÁ E A CONSTRUÇÃO DE UMA POSSÍVEL PAISAGEM ETNOGRÁFICA. Revista Homem, Espaço E Tempo, 15(2), 26–41. Recuperado de //rhet.uvanet.br/index.php/rhet/article/view/505