ANÁLISE GEOMORFOLÓGICA USO E OCUPAÇÃO DE BACIAS SEMIÁRIDAS DO NORTE DO ESTADO DO CEARÁ: ESTUDO DE CASO DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO ARACATI MIRIM, ITAREMA/CE

  • Milena Araujo de Sousa Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Francisco Felipe Paiva de Oliveira
  • Rosana Soares Lucas
  • Ernane Cortez Lima

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo realizar uma análise geomorfológica da bacia hidrográfica do rio Aracati Mirim, localizada na porção norte do estado do Ceará, mais precisamente no município de Itarema, a qual possui quase 90% de sua área inserida na região semiárida do Nordeste e aproximadamente 10% em área litorânea sub-úmida. A escala de trabalho é 1:300.000. A base metodológica foi a análise geossistêmica. A área em estudo apresenta uma extensão territorial de 160,47km². Conclui-se como resultado baseado em critérios geomorfológicos como também auxilio de Imagens de satélite Landsat 8, que existem cinco unidades sendo elas: Planície Litorânea, Tabuleiros Pré Litorâneos, Depressão Sertaneja Planície Fluvial do rio Aracati Mirim e Inselbergs. E para melhor planejamento da bacia definiu-se três setores: Setor I (Baixo curso), Setor II (Médio curso) e Setor III (Alto curso), apresentando altitudes diferenciadas que variam de 0 a 250 metros.

Biografia do Autor

Milena Araujo de Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
Estudante do Curso de Geogrefia Bacharelado da Universidade Estadual Vale do Acaraú.

Referências

BERTRAND. G. Paisagem e Geografia Física Global: Esboço Metodológico. Caderno de Ciências da Terra. São Paulo,n.13,p.1-27,1972.

FAÇANHA, Daniel. Povo Tremembé da Barra do Mundaú Prepara IX Festa do Murici e Batiputá. Adelco, 2018. Disponível em < https://adelco.org.br/author/danielfacanha/ > . Acesso em 23 de Novembro de 2019.

FLORENZANO, Teresa Gallotti. Geomorfologia: Conceitos e Tecnologias Atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008. 318 p.
.
LIMA, E.C. Análise e manejo Geoambiental das nascentes do alto curso do rio Acaraú: Serra das Matas -CE.Fortaleza,2004.178f.Dissertação(Mestrado Acadêmico em Geografia) – Centro de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual do Ceará, UECE.

LIMA, E. C. Planejamento Ambiental como subsídio para gestão ambiental da bacia de drenagem do açude Paulo Sarasate Varjota-Ceará. 2012. 201f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal do Ceará, 2012, UFC.

OLIVEIRA, F. F. P. ; SOUSA, M. A. ; SOARES, L. P. ; LIMA, E. C. . Levantamento e Análise dos Sistemas Ambientais Da Bacia Hidrográfica do Rio Aracati Mirim Itarema - CE. Revista GeoUECE, v. 8, p. 251-265, 2019.

PAULINO, W. D.; OLIVEIRA, R. R. A.; AVELINO, F. F. Classificação do estado trófico para o gerenciamento de reservatórios no semiárido: a experiência da Cogerh no estado do Ceará. Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos, XX, 2013, Bento Gonçalves.

RIBEIRO, S. C. Etnogeomorfologia Sertaneja: Proposta Metodológica para a Classificação das Paisagens da Sub-bacia do rio Salgado/CE. 2012. 282 f. Tese (Doutorado em Geografia) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2012, UFRJ.

RODRIGUES. M. D; LIMA. E. C. Aplicação dos Parâmetros Morfométricos na Sub-bacia Hidrográfica do Rio Bom Jesus- Taperuaba –Sobral (CE) como Subsídio ao Planejamento Ambiental. Belém, 2015,12 p.

SAMPAIO, J. L. F:VERÍSSIMO, M. E. Z. SOUZA, M , S. A comunidade Tremembé: Meio Ambiente e Qualidade de Vida. 1 Edição. Fortaleza: INESP, 2002. 177 p.

SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO. Marco Conceitual dos Povos Indígenas. Fortaleza, 31 de Janeiro de 2019. Disponível em : < https://www.sda.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/60/2019/02/marco-conceitual-dos-povos-indi%cc%81genas-1.pdf > . Acesso em : 15 de Janeiro de 2020.

SOUSA, M. A.; MENDES, D. C. ; NASCIMENTO, A. N. P. ; LIMA, E. C. . Caracterização Geomorfológica da Unidade Conservação Refúgio de Vida Silvestre Pedra das Andorinhas, Taperuaba Sobral-CE. Revista Homem, Espaço e Tempo, v. 13, p. 35, 201

SOUZA. A. S. FURRIER. M. et al. A Geomorfologia: Uma Reflexão Conceitual. João Pessoa, 2013. 17 p.

SOUZA. J. N; LIMA. F. A. M; PAIVA. J. B. Compartimentação Topográfica do Estado do Ceará. Fortaleza, 1979. 10 p

TRENTIN. R. et al. Compartimentação Geomorfológica da Bacia Hidrográfica do Rio Itu – Oeste do Rio Grande do Sul – Brasil. Uberlândia, 2012. 16 f.
Publicado
2020-02-12