EXPERIÊNCIAS DO PROGRAMA RESIDENCIA PEDAGÓGICA NA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA NA UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ, SOBRAL/CE

  • Maria Aparecida Damasceno de Sousa Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
  • Glauciana Alves Teles Universidade Estadual Vale do Acaraú
Palavras-chave: formação de professores, ensino de geografia, residencia pedagógica

Resumo

Os programas de formação de professores vêm destacando que a atuação do professor em seu período de formação no ambiente escolar é uma necessidade no aprendizado em sua formação profissional. O contato com a realidade escolar de forma assistida por uma equipe possibilita que o futuro professor antecipe os conhecimentos do cotidiano escolar. Nesse contexto, o Programa Residência Pedagógica - PRP foi implantado na Universidade Estadual vale do Acaraú - UVA para apoiar a formação de professores, qualificando-os com atividades práticas nas escolas. Este artigo analisa o PRP enquanto programa voltado à formação de professores na UVA, destacando as experiências vivenciadas pela equipe do subprojeto Geografia da UVA, no período de 2018 a 2019. A metodologia constou de revisão bibliográfica, revisão documental baseada nos decretos, leis e editais que estabelecem as normas para o PRP no Brasil na UVA, e os relatos de experiências dos graduandos do curso.  Por meio das referências bibliográficas e análises das entrevistas concluímos que o programa apresenta experiências positivas como articulação consistente da teoria e prática, aperfeiçoamento do docente através do contato contínuo com a escola e uma maior integração entre a escola e universidade em período de formação.

Biografia do Autor

Maria Aparecida Damasceno de Sousa, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA
Gradaação em Geografia Licenciatura

Referências

ANTUNES, I. C. B.; BANDEIRA, T. S.; SILVA, R. O. A Reforma Universitária de 1968 e as transformações nas instituições de ensino superior. In: XIX SEMANA DE HUMANIDADES, 19, 2011, Natal/RN. Anais [...]. Natal, RN: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2011. p. 01-10.
Disponível em:
http://www.cchla.ufrn.br/shXIX/anais/GT29/A%20REFORMA%20UNIVERSIT%C1RIA%20DE%201968%20E%20AS%20TRANSFORMA%C7%D5ES%20NAS%20INSTITUI%C7%D5ES%20DE%20ENSINO%20SUPERIOR.pdf. Acesso em: 17 mar.2019

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil: promulgada em 5 de outubro de 1988, atualizada até a Emenda Constitucional n° 39, de 19 de dezembro de 2002. Disponível em: https://www2.senado.leg.br/bdsf/
bitstream/handle/id/518231/CF88_Livro_EC91_2016.pdf. Acesso em: 13 maio 2019.

_______. Lei. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 dez. 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm. Acesso em: 15 mar.2019.

_______. Lei. 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as diretrizes e bases da educação. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 27 dez. 1961. Disponível em: http://www.planaltogov.br/ccivil_03/LEIS/l4024.htm. Acesso em: 17 mar.2019.

_______. Edital CAPES 06/2018 que dispõe sobre a Residência Pedagógica. Disponívelem:https://www.capes.gov.br/imagens/stories/download/editais/01032018-Edital-6-2018-Residencia-pedagogica.pdf. Acesso em: 13 jul.2019.

_______. Portaria nº 38, de 28 de fevereiro DE 2018. Institui o Programa de Residência Pedagógica, 2018. Disponível em:
https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/01032018-portaria-n-38-de-28-02-2018-residencia-pedagogica.pdf. Acesso em: 13 jul. 2019.

CARNEIRO, M. C. T.; CARVALHO, D. I. de Q.; VASCONCELOS, V. R. de. (org.). Manual para elaboração de trabalhos acadêmicos. Universidade Estadual Vale do Acaraú, Sistema de Bibliotecas. Sobral, CE, 2017. 72p.

GIGLIO, C. M. B.; LUGLI, R. S. G. Diálogos pertinentes na formação inicial e continuada de professores e gestores escolares. A concepção do Programa de Residência Pedagógica na UNIFESP. CADERNOS DE EDUCAÇÃO – UFPel, v. 46, p. 62-82, 2014.

GUEDES, N. C.; FERREIRA, M. S. História e construção da profissionalização nos cursos de licenciatura. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO, 2, 2002, Natal. Anais [...]. Natal: Universidade Federal de Minas Gerais, 2002. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/node/85. Acesso em: 10 maio 2014.

MAIA, A. G. B.; NASCIMENTO, E. S. de. Iniciação à Docência: concepções e práticas no PIBID/UVA. Fortaleza: Expressão Gráfica e Editora, 2013.

MOREIRA, A.F.B.; SILVA, T.T.S. Currículo, Cultura e Sociedade. São Paulo: Cortez, 1994.

SILVA, K. A. C. P da; CRUZ, S. P. A Residência Pedagógica na formação de professores: história, hegemonia e resistências. Momento - Diálogos em Educação, Rio Grande, v. 27, n. 2, p. 227-247, maio/ago. 2018.

SILVA, J. L. B. da. Programa de Residência Pedagógica da UNIFESP e o ensino de Geografia na Formação Inicial de professores para a Educação Infantil. Manual do Programa Residência Pedagógica. Guarulhos: UNIFESP, 2010.

UNIVERSIDADE ESTADUAL VALE DO ACARAÚ- UVA. Edital UVA 16/2018, que dispõe do Processo Seletivo Simplificado para a admissão de candidatos bolsistas e formação de cadastro reserva ao Programa Institucional de Residência Pedagógica da Universidade Estadual Vale do Acaraú. Universidade Estadual Vale do Acaraú, 2018. Disponível em: http://www.uvanet.br/documentos/edital_b38daf676a81a085b18d01878686e8b0.pdf. Acesso em: 14 jun. 2019.
Publicado
2020-02-12